Olá amigos!

Depois de um tempinho sem postar nenhum texto, aqui estou novamente. Nesta tarde o Senhor me inquietou e falou profundamente comigo, a mensagem para mim e para você é:

SELA – HAMALECOTE!

“À sombra das tuas asas me refugio, até que passem as calamidades…”  Salmos 57.1(b)

A cada dia que passa me surpreendo com o amor e o cuidado de Deus por nossas vidas, nesses momentos descubro o quanto é especial prestar atenção nos detalhes e compreender a voz de Deus, aquilo que Ele realmente deseja nos revelar.

Deus tem trabalhado na minha vida e na vida da minha família de forma intensa e profunda, a poucos dias enfrentamos fortes ventos e terríveis enfermidades, mas posso dizer que em tudo o Senhor nos deu completa vitória!

No começo deste mês de Outubro, em meio as grandes provações que vieram ao nosso encontro, lembro que disse o seguinte para Deus em uma das minhas orações…

“Pai, me socorre! Não vejo saída, não vejo ESCAPE, me sinto sozinha e fraca no momento em que mais preciso ser forte…”

 Meus pais sempre se dedicaram totalmente à obra de Deus, nunca os vi reclamando de nada, e muitas vezes me perguntei de onde tiravam forças para fazer tudo que faziam. Em meio a muitas viagens, pregando, palestrando para famílias, casais, jovens, reuniões fraternas e convenções de pastores, meu pai ainda arrumava tempo para ir para os bairros ajudar os irmãos nas construções, pintando novos templos, colocando o piso, lidando na parte elétrica. Muitas vezes chegava exausto, tomava um banho correndo, as vezes não tinha nem tempo de se alimentar e voltava correndo para a igreja, os irmãos o esperavam para o culto. Minha mãe acabou entrando no mesmo ritmo, acompanhando meu pai nos cultos e congressos, palestrando com ele, atuando no ministério de aconselhamento na nossa igreja, participando e ministrando em eventos específicos para mulheres. Enfim… Chega um momento em que o nosso corpo começa a dar sinais de cansaço e esgotamento. O sinal vermelho acende dizendo… É hora de parar um pouco.

Comecei a ver que meus pais não estavam bem. Meu pai começou com sangramento no nariz quase que diariamente, minha mãe acordava pela madrugada passando mal, e por vezes pensei que a perderia, só Deus sabe a angústia e o pavor que eu sentia quando algumas vezes acordava pela madrugada e via que ela estava passando mal, no momento me fazia de forte e buscava graça de Deus para não perder o controle e nem me desesperar, apenas orava e na minha mente repreendia todo o espírito de enfermidade e a fúria do inimigo contra a minha família, a minha casa.

A situação ficou mais difícil quando minha mãe precisou consultar na cidade de Carazinho e o Doutor decidiu interna-la para fazer os exames necessários, meu pai precisou voltar para Vacaria para resolver assuntos da igreja, mas ao chegar simplesmente ficou na cama, febres altíssimas, pressão alta, não se alimentava. De repente eu me vi em um beco sem saída, quase em desespero, me sentindo sozinha e precisando ser forte para fazer tudo o que precisava ser feito. Ah, quantas madrugadas eu ia pro meu quarto, fechava a porta e só chorava aos pés do Senhor, pedindo que tivesse misericórdia de nós e não permitisse que o inimigo nos tocasse, por vezes lembrei da história de Jó, da forma como Deus permitiu que o seu corpo fosse tocado, mas me confortava lembrar que no final ele teve completa vitória. Muitos ao ler a experiência que Jó teve, entendem que Deus permitiu o que permitiu para trabalhar na vida de Jó, imaginam que tudo que aconteceu foi uma guerra entre satanás e Jó, quando na verdade a guerra era entre satanás e Deus. E vocês bem sabem quem venceu nesta batalha!

“A Guerra não era entre satanás e Jó, mas entre satanás e Deus…”  Don Baker

 Deus decidiu guerrear por Jó, o seu corpo físico foi atingido, mas ele sabia que Deus pelejava por ele. Não era simples para Jó crer na vitória, afinal se travava uma batalha que os seus olhos físicos não viam, mas no seu íntimo ele sabia quem seria o vencedor.

Era exatamente assim que eu me sentia, vendo os meus pais enfermos, não podendo fazer muita coisa, mas orando e crendo que Deus lutava e vencia por nós uma batalha espiritual.

Era Deus, eu e os momentos que eu precisava ter com Ele…

Muitas vezes chega na nossa vida os momentos de Calamidade, sentimos as nossas forças e os nossos recursos se esgotando e por vezes temos a sensação de que seremos derrotados, mas é exatamente neste momento tão difícil que precisamos manter a nossa esperança, nossa confiança e CONVICÇÃO.

Um exemplo que temos é o Rei Davi. Ele possuía CONVICÇÃO de que Deus jamais o desampararia. Davi expressa essa confiança e convicção de forma bem clara no Salmo 23, versículo 4.

“Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque TU estás comigo, a tua vara e o teu cajado me consolam…”

 Ah, o vale da sombra da morte… Somente com Deus ao nosso lado podemos passar por este vale, se Ele não estiver conosco, com certeza perecemos.

Ainda que nos sintamos sozinhos, nunca estaremos sós. O nosso Deus, o Deus invisível sempre estará ao nosso lado, nos amparando e velando por nós. Sempre!

A uns dias atrás uma irmã orava por mim e na sua oração simples mas muito ungida ela disse algo que me marcou muito…

“O nosso Deus não é esclerosado, Ele não tem problemas de memória, Ele não esqueceu e não esquecerá de nenhuma palavra proferida a seu respeito…”

 Mensagem direta, não?

É a mais pura verdade. As vezes eu e você fazemos uma imagem do nosso Deus, criador do Universo, como se fosse Ele um senhor de muita idade, fraquinho e esquecido.

Ele não esquece de você!

Não esquecerá de nenhuma palavra dita sobre a sua vida, não esquecerá de cada uma das suas orações, palavras, pensamentos, lágrimas derramadas, anseios, sonhos, desejos do seu coração… Nada, absolutamente nada será esquecido!

 Isaías 49.15

“Pode uma mulher esquecer-se tanto do filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, Eu, todavia, não esquecerei de ti…”

 Você se sente em uma situação muito difícil? Se vê em um lugar apertado? Se encontra quase em desespero?

Leia com atenção o que vou lhe dizer…

O DEUS QUE VOCÊ SERVE HOJE SERÁ A SUA SELA – HAMALECOTE!!!

 SELA – HAMALECOTE – Pedra de Escape

 Davi, o futuro Rei de Israel durante a insistente caçada do Rei Saul afim de mata-lo, passou por longos períodos de fuga, acredita-se que a perseguição de Saul contra Davi durou aproximadamente dez anos. Neste tempo, algumas das rotas de fuga de Davi foram desertos, vales, montes e outras ainda entre os seus próprios inimigos.

Em uma destas fugas, por ter sido reconhecido pelos filisteus na cidade de Gate, Davi fugiu e escondeu-se em uma Caverna, a Caverna de Adulão.

A Caverna de Adulão não é apenas uma gruta, mas um complexo de Cavernas situado no Vale de Elá ou Vale do Carvalho.

Segundo alguns arqueólogos e exploradores, existem partes deste complexo que ainda não foram exploradas.

Davi escondeu-se na caverna de Adulão juntamente com os seus irmãos e toda a casa de seu pai. (1 Samuel 22.1)

Davi teve muitas oportunidades de matar Saul e assumir imediatamente a sua posição de Rei, porém ele sabia no seu coração que não era certo matar Saul, que havia sido chamado não para matar mas para reinar em seu lugar.

Deus testou a paciência e o autocontrole de Davi, levando-o até a Caverna de Adulão que significa “Justiça do povo, refúgio, esconderijo”.

Davi precisava passar um tempo na Caverna, e este tempo tratou, ensinou, moldou e exaltou a Davi.

Existem períodos na nossa vida em que precisamos ser tratados por Deus, é neste momento que Ele nos conduz à Caverna…

Na passagem bíblica de 1 Samuel 22, a bíblia nos mostra que além dos irmãos e toda a casa de Davi, ajuntou-se com eles na caverna, todos os homens que se encontravam em APERTO, os ENDIVIDADOS, e os de ESPÍRITO ANGUSTIADO, e o texto relata que eram aproximadamente 400 homens.

Agora imagine comigo a situação em que Davi se encontrava, era quase um estado de calamidade mesmo. Além de estar fugindo dos inimigos que queriam a sua morte, ele no seu esconderijo, se obriga a receber quase 400 homens cheios de problemas, reclamações e tristezas.

Penso que se estivesse na situação de Davi, eu diria…

“Meu Deus! O Senhor quer me matar de vez? Estou aflita, angustiada, precisando intensamente de tranquilidade, silêncio e paz para decidir o que fazer da minha vida, e o Senhor me cerca de pessoas problemáticas???”

 Muitas vezes é exatamente isso que Deus faz conosco não é mesmo?

Nos encontramos desesperados, nervosos, tentando de alguma forma fugir dos nossos problemas e preocupações, alguns até dizem…

“ Ai que vontade de viajar pra bem longe! Um outro país onde ninguém me veja, ninguém me conheça, onde eu não precise falar com ninguém!”

 E é bem nesses momentos turbulentos em que tudo que desejamos é um lugar tranquilo, um momento de paz, de silêncio que aparecem todos aqueles amigos, conhecidos, cheios de problemas e que precisam somente da sua ajuda, dos seus ouvidos para desabafar, da sua palavra para lhes acalmar…

Sabe o que Deus está fazendo?

TESTANDO A SUA PACIÊNCIA… SEU AUTOCONTROLE…

Sabe o que Ele deseja?

O Senhor deseja que você, mesmo nos momentos mais difíceis, mesmo nos períodos de “caverna”,  seja luz na vida das pessoas que te cercam, que se aproximam de você. É na caverna que Deus quer te usar para dar um sentido na vida destas pessoas que tem te cercado e é aí mesmo que você fará a diferença no meio deles.

Davi de repente se encontra no meio de gente insatisfeita, pessoas desanimadas, acabadas, rejeitadas, mas foi exatamente com estas pessoas, com essa gente que ele começou um exército grande e poderoso.

Mesmo na caverna Deus deseja nos usar para ser benção na vida dos outros. Talvez você esteja em um lugar “ruim” justamente para dar rumo às pessoas que te rodeiam. Pense nisso!

Muitas vezes nestes momentos difíceis, Deus se cala conosco e o silêncio de Deus dói muito, não dói?

Entenda algo…

DEUS SABE O QUE VOCÊ NÃO SABE.

DEUS CONHECE O QUE VOCÊ NÃO CONHECE.

DEUS VÊ LÁ NA FRENTE O QUE VOCÊ NÃO VÊ.

 Davi na caverna precisava de uma direção de Deus, ele não sabia o que fazer naquela situação e muito menos fora dali, simplesmente não sabia que rumo tomar, ele precisava de uma nova visão para poder sair da caverna.

Precisamos ficar na caverna até saber o que Deus quer de nós…

Não adianta nos apavorarmos, pegar o caminho errado e até agir precipitadamente. O que precisamos é confiar no Senhor, pois Ele nos dará visão nova e a direção certa!

 “Se há uma coisa de que não precisamos em meio às experiências dolorosas e perturbadoras é uma explicação, mas sim, uma RENOVADA VISÃO DE DEUS…”  Don Baker

 Caverna não é lugar de moradia, é apenas um lugar de escape, esconderijo, um lugar onde Deus nos ensina e nos prepara.

Li algo interessante e gostaria de compartilhar com você…

Nas cavernas de calcário do Oriente, inclusive a que Davi entrou (Caverna de Adulão), encontra-se uma substância, um suplemento mineral cuja composição química  básica é Carbonato de Cálcio e Carbonato de Magnésio, que em conjunto atuam de forma totalmente natural no organismo. Essa substância é chamada “DOLOMITA”, possui várias funções, três delas são…

1 – A DOLOMITA É CÁLCIO PARA OS OSSOS

A Dolomita é fonte de Cálcio para a formação da matriz óssea, também estimula a produção de calcitriol, que é o hormônio responsável pela absorção do cálcio nos intestinos e sua fixação nos ossos.

Na caverna onde Davi se escondia havia remédio para o seu corpo. Assim como a Dolomita na caverna era importante para a estrutura física de Davi, o Senhor também estruturava o seu espírito para maiores desafios que viriam.

2 – A DOLOMITA AJUDA A COMBATER A IRRITABILIDADE

Na caverna aprendemos a ser pacientes e aguardar a direção do Senhor. No escuro da caverna Deus nos ensina a possuir calma, mansidão e tranquilidade para adquirirmos visão renovada.

3 – A DOLOMITA COMBATE A INSÔNIA

Precisamos aprender a descansar em Deus e no seu agir. Quando estamos dentro da caverna temos a tendência de ficar ansiosos, queremos sair logo deste local escuro e ver o que nos espera do lado de fora. Deus nos ensina a descansar, repousar, dormir em seus braços, sem ansiedades e preocupações, Ele sabe exatamente como agir e o momento certo de nos mostrar a direção, a saída, o ESCAPE!

Vários Laboratórios Nacionais e Internacionais analisaram a Dolomita e aprovaram o seu uso para a prevenção de muitas doenças. È registrada no Ministério da Saúde como Alimento Funcional e Nutricional.
Dolomita não é apenas um remédio,  é muito mais que isso, é uma das únicas com um alto grau de pureza, livre de metais pesados. Sua função é fortalecer o sistema imunológico e normalizar o metabolismo. É por isso que ela se torna muito mais importante que os remédios,  é natural e alivia as dores devido a sua ação analgésica.

Eu poderia citar aqui muitos outros benefícios gerados pela Dolomita, é anti-inflamatório, analgésico, calmante, absorve e retém gases, descongestionante, tonificante, relaxante e revitalizante muscular, reduz massas tumorais, entre outros.

Querido(a), você consegue perceber o cuidado de Deus com um filho amado e escolhido?

Deus permitiu que Davi se escondesse na Caverna, permitiu que aquele lugar úmido e escuro fosse o seu refúgio, e seu lugar de escape, e não somente ele como foi dito, mas toda a sua casa e aproximadamente 400 homens que se sentiam perdidos e sem esperança de vida. Mesmo nesta situação, mesmo neste período de caverna o Senhor cuidava dele, cuidava não apenas do seu espírito, moldando e tratando para mais tarde assumir o trono, mas o Senhor também cuidava do seu corpo físico. Penso que deve ser muito difícil se exercitar isolado dentro de uma caverna, quem sabe chegaria um momento em que sentiriam fortes dores musculares, seus ossos doeriam por falta de luz e nutrientes, mas Deus é perfeito, nunca erra e sempre pensa em todos os detalhes, Deus permitiu que na caverna existisse a Dolomita essa substância que os ajudaria e os nutriria no tempo em que ali ficassem.

Deus cuida de você…

Esteja em um deserto, em um vale, num temporal, vendaval, furacão, maremoto, terremoto, tsunami, ou em uma caverna… Não importa, Deus está com você, cuidando de você, Ele nos trata, nos molda, por vezes fica em silêncio, mas uma coisa é certa… Ele não sai do nosso lado.

O profeta Elias precisou fugir em determinado período da sua vida, onde ele se escondeu?

Em uma caverna.

No capítulo 19 e versículo 9 do Livro de 1 Reis, lemos uma pergunta feita por Deus a Elias quando estava ele escondido na caverna. Deus diz:

“Elias, o que fazes AQUI???”

Note que Deus usa o termo AQUI, Deus poderia ter dito…

“Elias, o que fazes ???

Deus não estava do lado de fora, gritando para Elias e perguntando o que ele fazia escondido dentro daquela caverna, Deus estava DENTRO da caverna com Elias, presente naquele momento e naquela situação em que ele se encontrava.

Mesmo Davi estando escondido na Caverna de Adulão, Saul não desistia de persegui-lo a perseguição era realmente implacável. Davi se encontrava em uma situação de desespero e aperto, não existiam opções favoráveis, se ele continuasse por muito tempo escondido na caverna com certeza Saul os encontraria e os mataria, então a única saída que Davi encontrou foi refugiar-se no território dos maiores inimigos de Israel, os Filisteus. Davi pensou… Vou para a terra dos nossos inimigos, talvez desta forma Saul pare de me perseguir.

Imagine a situação de Davi, sem nenhuma saída, sem idéia do que fazer para salvar a sua vida e dos 400 que o acompanhavam, ele de repente se vê obrigado a ficar em terra inimiga para tentar um escape, lembrando que todos os filisteus o conheciam e sabiam que ele havia cortado a cabeça do gigante Golias, derrotando o exército filisteu. Davi estava em um beco sem saída, ou era morto por Saul ou corria o risco de ser morto pelos filisteus.

Então Davi vem de um lado do monte e Saul e seu exército do outro lado do monte, Davi percebeu que precisava se apressar pois logo Saul o cercaria, mas quando tentou fugir já era tarde demais, Saul havia fechado o cerco e iria mata-los. Imaginem, eram 3 mil homens escolhidos a dedo no exército de Saul, contra os 400 (problemáticos) que acompanhavam Davi. Seria a derrota fatal.

A situação de calamidade realmente havia chegado e Davi não tinha mais como fugir, como escapar, então neste exato momento algo aconteceu!!!

1 Samuel 23. 27,28

“Então veio um mensageiro a Saul dizendo: Apressa-te e vem, porque os filisteus com ímpeto entraram na nossa terra. Pelo que Saul voltou de perseguir a Davi e foi-se ao encontro dos filisteus.

Por esta razão, aquele lugar foi chamado de SELA – HAMALECOTE.”

 Que coisa linda queridos!!!

Me emociono vendo o livramento e o escape de Deus na vida dos seus escolhidos.

Saul depois de tanto tempo perseguindo Davi, tinha finalmente a oportunidade de matá-lo, tudo conspirava a seu favor.  Davi na situação em que estava apenas confiava em Deus, pois humanamente falando já não tinha mais o que fazer ou onde se esconder… Então entra em ação o nosso Deus, o nosso Pai, criador do universo, dono dos céus e da terra e de tudo o que há, nada, nada, nada acontece se ELE não permitir, nenhum filho seu é tocado se ELE não permitir, ah que Deus tremendo nós temos!!!

Deus fez com que naquele exato momento, o exército inimigo, o exército filisteu invadisse Judá. Saul não teve outra escolha senão libertar Davi e os 400 e seguir apressadamente para tentar salvar suas terras.

Glórias a Deus!

Parece que vejo Davi emocionado, louvando a Deus pelo grande livramento e fidelidade…

Então Davi abre caminho, pega uma pedra e colocando-a no chão exclama em alto voz dizendo:

SELA – HAMALECOTE!!!

O SENHOR É A NOSSA  “PEDRA DE ESCAPE”!!!

 Aleluiaaaa!!!

O Senhor é a sua pedra de escape querido, não busque saídas na sua própria força e direção, espere em Deus, espera em Deus, Ele é a sua Sela – Hamalecote, sua pedra de escape, sua saída e direção!

Adore ao Senhor por que chegará o ESCAPE dEle para você, Ele cria uma saída onde você nem imagina. Chegará o escape de Deus para a sua luta, a sua angústia, a sua aflição… Deus sabe exatamente em que situação você se encontra e dará o escape, a vitória!

Para Deus nos esculpir e moldar, as vezes é preciso passar por um vale sombrio, ou se esconder em uma caverna, mas não duvide, mesmo nestes momentos Ele estará contigo e no momento certo você, filho, filha de Deus que lê estas palavras também louvará ao Senhor pela vitória e exclamará…

SELA – HAMALECOTE!!!

Salmos 57. 2,3

“Clamarei ao Deus altíssimo! Ao Deus que por mim tudo executa. Ele dos céus me envia o seu auxílio e me livra, cobre de vergonha os que me ferem. Envia a sua misericórdia e a sua fidelidade…”

Deus abençoe profundamente a sua vida!

Abraço da amiga Iny Andrade.

Anúncios